Ações integradas promovem a recuperação gradativa do sistema de saúde do Amazonas

0
48

Diante do cenário epidemiológico da Covid-19 no Amazonas, o Ministério da Saúde tem empenhado esforços a fim de apoiar os atendimentos dos pacientes no estado e fortalecer o sistema de saúde local. Um mês depois da primeira visita da pasta ao Amazonas para diagnóstico da situação e tomada de ações, as medidas implementadas pelo Governo Federal ao lado do governo estadual e das prefeituras começam a dar resultados. Nesse contexto, duas ações têm sido fundamentais para reorganizar o sistema de saúde local: a transferência de pacientes leves e moderados para tratamento em outros estados e as soluções para o abastecimento de oxigênio.

Até o momento, 526 pacientes já foram removidos para tratamento nos Hospitais Universitários Federais em outros estados brasileiros, sendo 518 diagnosticados com Covid-19. Desses, 169 já retornaram curados.

Na capital, a situação do oxigênio está próxima de ser regularizada. Governo Federal e estadual já instalaram, ao todo, 22 usinas e miniusinas nas unidades de saúde de Manaus e do interior, reduzindo a dependência externa do produto e possibilitando a abertura de mais 183 leitos em Manaus. A meta do Ministério da Saúde é chegar a 69 equipamentos instalados.

As medidas para reorganização do sistema de saúde do Amazonas foram discutidas e deflagradas a partir do comitê de crise instalado pelo Ministério da Saúde em Manaus, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). Para a abertura de leitos clínicos e de UTI, a pasta atuou tanto na questão de recursos humanos como na aquisição de insumos, medicamentos, equipamentos médicos e na garantia de oxigênio suficiente para suportar o consumo.

Com informações do Ministério da Saúde

Source: Portal Gov.br