Soldado Russo mata oito e deixa dois feridos em base militar da Sibéria

De acordo o jornal britânico The Telegraph, um militar recém incorporado as Forças Armadas da Rússia para prestação de Serviço Militar Obrigatório, matou oito e feriu outros dois militares em uma base militar no leste da Sibéria nesta sexta-feira (25), informou por meio de nota, o Ministério da Defesa russo.

O militar foi preso, mas ainda não teve seu nome revelado. Ele, que foi descrito como “um jovem” pela imprensa local,  seria o responsável por guardar a base no momento das mortes. As autoridades locais iniciaram investigações sobre o caso.

Segundo o Ministério da Defesa, a motivação do ataque teria sido “um colapso nervoso devido a problemas pessoais sem relação com os seus deveres militares”. O ministro da Defesa revelou que o incidente ocorreu em Gorny, na parte oriental da Sibéria.

A pequena vila que mal abriga 50.000 habitantes fica a cerca de 4.500 quilômetros da capital Moscou. Os disparos ocorreram em um momento de troca de guardas. O serviço militar é obrigatório na Rússia para cidadãos do sexo masculino entre 18 e 27 anos.

Eles normalmente servem por 12 meses, e podem assinar um contrato para continuar nas Forças Armadas depois. Nos anos 2000, grupos de direitos humanos denunciaram muitos casos de violência e bullying contra novos recrutas do Exército. Atualmente, a Rússia afirma que modernizou seus padrões e conseguiu combater esses casos.

  • Com agências internacionais

O post Soldado Russo mata oito e deixa dois feridos em base militar da Sibéria apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *