Comando Estratégico Operacional da Venezuela fala que EUA fez nova violação de seu espaço aéreo

O Comando Estratégico Operacional das Forças Armadas da Venezuela (Coefanb) revelou nesta quinta-feira (14), que os Estados Unidos voltaram a violar o espaço aéreo do país, utilizando um avião espião.

“Mais uma vez os Estados Unidos violam os tratados aeronáuticos internacionais ao entrar com uma aeronave de vigilância RC-135 na região de informação de voo (FIR) controlada pela República Bolivariana da Venezuela (RBV), sem cumprir os protocolos e colocando em risco a segurança das aeronaves que estavam no espaço aéreo”, falou por meio de uma postagem no Twitter, o Ceofanb, em tom de crítica a Força Aérea dos EUA (Usaf).

Em setembro passado, as Forças Armadas da Venezuela informaram que, somente naquele mês, detectaram 54 voos de aeronaves americanas de exploração radioeletrônica no espaço aéreo venezuelano. O governo do venezuelano fez alegações semelhantes em pelo menos cinco ocasiões.

Venezuela e os Estados Unidos têm relações tensas desde a chegada do chavismo ao poder, em 1999, mas a tensão aumentou em janeiro, quando o governo de Donald Trump reconheceu o líder da oposição Juan Guaidó como presidente interino, assim como quase 60 outras nações. Após a medida levou o presidente Nicolás Maduro a ordenar a expulsão dos diplomatas americanos e a ruptura das relações.

  • Com agências internacionais

O post Comando Estratégico Operacional da Venezuela fala que EUA fez nova violação de seu espaço aéreo apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo

Pesquisadora mostra como o degelo de Permafrost pode reativar os causadores do antraz, varíola e peste

Em artigo recente publicado pelo Núcleo de Estudos Estratégicos em Defesa e Segurança (NEEDS) da UFSCar, a Dra. Nadja Fernanda Gonzaga Serrano mostra como o degelo, que vem aumentando sem precedentes, pode reativar microrganismos – tais como os causadores do antraz, varíola e peste – que estavam dormentes por longo período de tempo.

Esse processo nos últimos anos acelerou com o aquecimento global, já trouxe casos de surto de antraz na região do Ártico em 2016. Regiões como Alaska, Rússia, Canadá, Antártica estão sofrendo degelo e expondo camadas congeladas a milhares de anos.

Leia o artigo completo sobre esse tema clicando no link abaixo

Fonte: Nadja Fernanda Gonzaga Serrano

Leia outros artigos do NEEDS 

O post Pesquisadora mostra como o degelo de Permafrost pode reativar os causadores do antraz, varíola e peste apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo

Forças russas iniciam ocupação de base usada pelo EUA na Síria

Nessa tarde do dia 14/11 forças russas entraram na base de Sarrin, no leste de Aleppo, que foi abandonada pelas forças americanas na manhã desse 14 de novembro.

A Agência de Notícias Hawar (ANHA) informou que pelo menos cinco veículos blindados russos entraram na base logo apos quando o último grupo de forças americanas se retirou de lá.

A North Press Agency (NPA) também divulgou um pequeno vídeo mostrando um helicóptero russo Mi-35 sobrevoando a base de Sarrin após a retirada das forças americanas. No entanto, a agência excluiu o vídeo posteriormente por motivos desconhecidos.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos (SOHR) contradiz relatos anteriores, alegando que as forças americanas ainda estão na base. O grupo de monitoramento com sede no Reino Unido informou que veículos blindados dos EUA foram vistos em Sarrin.

A base de Sarrin, que abrigava dezenas de militares americanos, era uma das maiores bases americanas no leste de Aleppo. A longa pista de pouso da base foi usada para suprir as forças da coalizão destacadas em Aleppo e Raqqa.

Os relatórios sobre a implantação russa na antiga base dos EUA não são confirmados, mas não incomuns. Durante o último mês, as forças russas estabeleceram vários postos nas guarnições militares dos EUA no nordeste da Síria, incluindo Manbij e Ain Issa.

Imagens dos comboios militares dos EUA deixando a região. Imagens via Arab News 24:

Exército Sírio entra no interior de Al-Hasaka

O Exército Árabe da Síria (SAA) começou a enviar tropas no interior de al-Hasakah , informou a Agência de Notícias Árabe da Síria (SANA) também nesse 14 de novembro.

De acordo com a agência de notícias estatal, unidades SAA serão implantadas entre a cidade de al-Jawadiyah e a cidade de al-Malikiyah.

No mês passado, o governo de Damasco e as Forças Democráticas da Síria (SDF), integradas pelos curdos, chegaram a um acordo inicial, permitindo que as tropas sírias entrassem na região nordeste do país.

Desde então, o SAA estabeleceu posições no leste de Aleppo, Raqqa e no norte de al-Hasakah. A Polícia Militar Russa também estabeleceu vários postos nessas regiões.

A missão da AEA é apoiar o SDF, que está enfrentando um ataque turco, e proteger a fronteira do país com a Turquia. O recente acordo russo-turco no nordeste da Síria complementa-se com o papel do Exército Sírio na segurança da fronteira.

#td_uid_1_5dcd9190df223 .td-doubleSlider-2 .td-item1 {
background: url(https://www.defesa.tv.br/wp-content/uploads/2019/11/photo_2019-11-14_15-00-44-80×60.jpg) 0 0 no-repeat;
}
#td_uid_1_5dcd9190df223 .td-doubleSlider-2 .td-item2 {
background: url(https://www.defesa.tv.br/wp-content/uploads/2019/11/photo_2019-11-14_14-37-25-80×60.jpg) 0 0 no-repeat;
}
#td_uid_1_5dcd9190df223 .td-doubleSlider-2 .td-item3 {
background: url(https://www.defesa.tv.br/wp-content/uploads/2019/11/photo_2019-11-14_14-37-24-80×60.jpg) 0 0 no-repeat;
}
#td_uid_1_5dcd9190df223 .td-doubleSlider-2 .td-item4 {
background: url(https://www.defesa.tv.br/wp-content/uploads/2019/11/photo_2019-11-14_14-37-23-80×60.jpg) 0 0 no-repeat;
}

Lançamento do livro: O conflito e a construção do Estado no Timor Leste

A trajetória do Timor Leste em busca da autodeterminação é um exemplo de resistência e persistência de seu povo. O caminho de colônia portuguesa e província militarmente ocupada pela Indonésia, à conquista da independência e estruturação do novo Estado, implicou em milhares de vidas perdidas e grandes desafios para os timorenses. Essa obra busca retratar esse caminho. A partir de um resumo histórico sobre a colonização portuguesa e a ocupação indonésia, a obra detalha as seis missões de paz conduzidas pelas Nações Unidas no Timor Leste e a participação brasileira no processo de paz. O caso do Timor Leste é um excelente instrumento de análise dos mecanismos de gerenciamento e resolução de conflitos internacionais. Em seu território foram executados todos os tipos de operações de paz e onde, pela primeira vez, a ONU desenvolveu atividades para a ‘construção’ de um Estado.

Baixe o e-book em: http://ebooks.marilia.unesp.br

O post Lançamento do livro: O conflito e a construção do Estado no Timor Leste apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo

Debate confirma a viabilidade econômica e ambiental da hidrovia no São Francisco

A viabilidade econômica da reativação da hidrovia do São Francisco foi confirmada por especialistas ouvidos pela Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (12). Dados apresentados durante a audiência pública mostram que uma barcaça, por exemplo, poderia levar 900 toneladas de carga; quantidade que se transportada por terra, exigiria 35 carretas. A viabilidade ambiental também foi confirmada pelos debatedores: a emissão de poluentes é quatro vezes maior nas rodovias do que nas hidrovias.

Representantes de vários órgãos do governo federal participaram de audiência pública da para discutir a viabilidade. Representante do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Karoline Lemos listou as intervenções necessárias para a reativação: a retirada de material do fundo do rio; a implantação de sinalização, de guias-correntes e de diques de pedra que diminuem a necessidade de dragagem.

Mas o orçamento para as obras no São Francisco, que foi de R$ 10 milhões em 2019, tem previsão de R$ 1,184 milhão para 2020. “Pra que a gente chegue a dizer que temos uma hidrovia, a gente precisa ter uma via confiável pra navegação. Ela tem de ser segura, nós temos que prover serviços de manutenção, de operação das nossas eclusas, nós precisamos ter cartas náuticas atualizadas e precisamos executar os serviços de dragagem”, destacou.

Grupo de trabalho

Para o deputado Paulo Guedes (PT-MG), presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Rio São Francisco, o problema também passa pela organização dos diversos setores do governo. “Faltam recursos financeiros e falta entrosamento, porque os próprios órgãos às vezes batem cabeça”, lamentou.

Guedes propôs a criação de um grupo de trabalho, junto com órgãos do governo, para prosseguir as discussões. Ele também pediu o empenho dos parlamentares da Comissão Mista de Orçamento para aprovar emenda que destina R$ 1,5 bilhão para a revitalização do São Francisco e para a reativação da hidrovia.

Vantagens

Presidente da Associação dos Municípios do Médio São Francisco (Amesf), Raul Reis acompanhou o debate com atenção. Prefeito de Lagoa dos Patos, no norte de Minas, ele enumerou as vantagens da reativação da hidrovia. “Levaria turismo para a nossa região, em especial aos municípios que são ribeirinhos; levaria a um aquecimento na economia, onde a mercadoria chegaria naquela região num preço mais em conta; isso sem contar que ela poderia escoar a produção da nossa região”.

O trecho do rio São Francisco mais adequado à navegação tem 1.371 quilômetros de extensão e vai da cidade de Pirapora (MG) a Juazeiro e Petrolina, na divisa da Bahia com Pernambuco. O transporte de carga já foi intenso há algumas décadas, mas o rio deixou de ser navegável em alguns pontos por causa da instabilidade do regime de chuvas e do assoreamento, que é o acúmulo de sedimentos no fundo, que comprometem o volume das águas.

Fonte: Agência Câmara

O post Debate confirma a viabilidade econômica e ambiental da hidrovia no São Francisco apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo

Escola de Guerra Naval sedia o 19º Simpósio de Pesquisa Operacional e Logística da Marinha

No período de 6 a 8 de novembro, a Escola de Guerra Naval sediou o 19º Simpósio de Pesquisa Operacional e Logística da Marinha (SPOLM), organizado pelo Centro de Análises de Sistemas Navais (CASNAV), que teve como tema ”A Pesquisa Operacional como Ferramenta de Governança em Projetos Estratégicos”. O simpósio multidisciplinar buscou integrar o setor acadêmico, as Forças Armadas e a Indústria, fomentando a pesquisa e a aplicação prática das áreas de conhecimento de Pesquisa Operacional e Logística, e outras áreas correlatas, no âmbito da Engenharia de Produção, Engenharia da Computação, Administração e Economia.
Ao realizar a abertura do SPOLM, o Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Marcos Sampaio Olsen, observou que a revolução tecnológica em curso, principalmente na área de Ciência de Dados, vem oferecendo novos campos de estudo e aplicações, o que requer o desenvolvimento de ferramentas sistêmicas para o tratamento de situações, abrangendo cenários complexos. Nesse contexto, destacou a importância do simpósio, ao permitir a troca de informações entre os entes da sociedade e as Forças Armadas. “A governança apoiada em processos otimizados, dispondo de informações céleres, oportunas e confiáveis, orienta o Tomador de Decisões à obtenção dos resultados, tendo por base os princípios da eficiência e eficácia”, pontuou.
A programação do evento abrangeu sessão plenária, palestras, painéis, mesas redondas, minicursos e seções temáticas, contando com a apresentação de trabalhos de renomados professores e doutores de diversas instituições de ensino do País.

O post Escola de Guerra Naval sedia o 19º Simpósio de Pesquisa Operacional e Logística da Marinha apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo

Força Aérea Boliviana sobrevoa capital La paz, monitorando protestos da região

Aeronaves militares da Força Aérea Boliviana (FAB) sobrevoaram em baixa altitude nesta terça-feira (13) vários bairros da capital da Bolívia, La Paz, e da cidade de El Alto.

Os voos fazem parte das operações do monitoramento aos protestos violentos que vêm acontecendo no país desde as eleições de 20 de outubro e que culminaram na renúncia, no último domingo, do presidente Evo Morales.

A passagem das aeronaves provocou nervosismo e apreensão entre moradores dessas cidades, onde muitos estabelecimentos comerciais continuam fechados, e o transporte público funciona parcialmente.

Nas redes sociais, diversas pessoas postaram vídeos e fotos mostrando os aviões cruzando o céu. Além disso, um amplo contingente policial e militar foi disponibilizado no centro de La Paz, onde fica a sede do Legislativo, que ainda hoje vai realizar uma sessão para estudar a renúncia de Morales e resolver o vazio de poder.

As Forças Armadas resolveram realizar “operações conjuntas” com a Polícia Boliviana após vários relatos de saques e incêndios a residências e lojas, além de depredações a patrimônios públicos em protestos contra e a favor de Evo Morales, que hoje desembarcou no México, país que lhe concedeu asilo.

  • Com agências internacionais

O post Força Aérea Boliviana sobrevoa capital La paz, monitorando protestos da região apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo

Base aérea grega recebe pela primeira vez visita de um bombardeiro B-52 Stratofotters

Um bombardeiro B-52 Stratofortress da Força Aérea do EUA (USAF) realizou o primeiro pouso deste tipo de aeronave, em uma base dos EUA na Grécia, após ter sido obrigado a alterar sua rota devido ao mau tempo.

O pouso não planejado na Ilha de Creta fez com que a Grécia se tornasse anfitriã de um bombardeiro nuclear B-52 pela primeira vez em sua história, apesar da longa cooperação militar entre estes dois países.

Embora o destino da aeronave não tenha sido informado, sabe-se que más condições meteorológicas teriam alterado a rota do B-52, informou o site Greek Reporter.

Além de poder receber aeronaves do porte do B-52, a base naval americana na baía de Suda é a única base que os EUA possuem capaz de receber os maiores porta-aviões no leste do mar Mediterrâneo.

Fortalecimento das relações

Apesar de não ter sido uma ação planejada, o pouso da aeronave americana em território grego se dá em meio ao fortalecimento das relações militares entre o país e os EUA. Recentemente, as autoridades dos dois países acordaram a construção de novas bases americanas na Grécia.

  • Com agências internacionais

O post Base aérea grega recebe pela primeira vez visita de um bombardeiro B-52 Stratofotters apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo

Irã anuncia descoberta de imenso campo de petróleo

O presidente do Irã, Hassan Rohani, anunciou neste domingo (10) a descoberta de um novo campo de petróleo no sul do país, com mais de 50 bilhões de barris de óleo bruto. O achado pode aumentar em um terço o tamanho das reservas comprovadas de petróleo do país persa.

O anúncio de Rohani é feito no momento em que o Irã se vê pressionado pelas sanções americanas, depois de os EUA terem abandonado, no ano passado, o acordo nuclear antes firmado com potências mundiais.
Rohani fez o anúncio em um discurso na cidade desértica de Yazde e explicou que o campo está localizado no sul do Irã, precisamente na província de Khuzestan, centro da indústria petrolífera nacional.

Segundo ele, mais de 53 bilhões de barris seriam adicionados às reservas comprovadas do Irã, atualmente em cerca de 150 bilhões.

“Estou dizendo à Casa Branca que nos dias em que você sancionou a venda de petróleo iraniano, os trabalhadores e engenheiros do país foram capazes de descobrir 53 bilhões de barris de petróleo”, afirmou Rohani, segundo a agência semioficial de notícias Fars.

Extração viável
As reservas de petróleo referem-se ao petróleo bruto economicamente viável para extração. Os números podem variar muito de país para país devido a diferenças de critério, embora continue a ser uma medida de comparação entre os produtores de petróleo.

O Irã tem atualmente o quarto maior depósito comprovado do mundo de petróleo bruto, e as segundas maiores jazidas de gás natural do planeta. Ele partilha um enorme campo offshore no Golfo Pérsico com o Qatar.

O novo campo petrolífero poderá tornar-se o segundo maior campo do Irã – o maior, com 65 biliões de barris, fica em Ahvaz. O campo é de 2.400 quilômetros quadrados, com o depósito a cerca de 80 metros de profundidade.

De acordo com cálculos da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), cerca de 100 milhões de barris de petróleo são necessários em todo o mundo por dia. Um barril, a medida padrão da indústria, contém 159 litros de petróleo. O cartel do petróleo estima que a demanda aumentará em cerca de 12% até 2040.

Desde que os EUA se retiraram do acordo nuclear de 2015, os outros países envolvidos – Alemanha, França, Reino Unido, Rússia e China – têm lutado para salvá-lo. Mas eles ainda não conseguiram oferecer meios para que o Irã venda seu petróleo no exterior.

Fonte: G1

O post Irã anuncia descoberta de imenso campo de petróleo apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo

Viabilidade da reativação da hidrovia do rio São Francisco é tema de debate

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados debate nesta terça-feira (12) a viabilidade da reativação da hidrovia do rio São Francisco. O debate atende a requerimento do deputado Paulo Guedes (PT-MG). O parlamentar destaca que a hidrovia do São Francisco é a via mais econômica de ligação entre o Centro-Sul e o Nordeste do País.

De acordo com o parlamentar, estudos comprovam uma demanda reprimida de mais de 2 milhões de toneladas de carga vocacionada para a hidrovia, carga perene. Do ponto de vista social, unirá as cidades ao longo do rio, Pirapora, Januária, Bom Jesus da Lapa, Ibotirama e Luiz Eduardo Magalhães.

“Poderemos ter, assim, um transporte mais barato, com uma demanda de carga já existente, sendo necessário apenas regularidade para que seja montada uma logística satisfatória que atenda aos interesses comerciais”, afirma.

Foram convidados:
– o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles;
– o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto;
– o presidente da Empresa de Planejamento e Logística S.A., Arthur Luis Pinho de Lima;
– o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Mário Povia;
– a diretora de Infraestrutura Aquaviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit);
– o diretor-geral do Dnit, Antônio Leite Dos Santos Filho; e
– o coordenador-geral de Administração Hidroviária substituto Dnit, Hadson Tolentino Barbosa.

A reunião será realizada às 14 horas, no plenário 11

Fonte: Agência Câmara

O post Viabilidade da reativação da hidrovia do rio São Francisco é tema de debate apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV Mundo